Polos - Vitória - Ciclos

3º Ciclo - Vitória

Finalizado em maio de 2009, o 3º Ciclo de Vitória estendeu-se por dois anos, período em que o polo acompanhou a implantação de três sistemas construtivos à base de cimento (Estruturas de Concreto, Alvenaria de Vedação e Revestimento de Argamassa). O longo período de execução dos empreendimentos, inerente à nossa atividade, acabou por “desalinhar” o cronograma de duas obras, o que não impediu a Comunidade de apurar indicadores de desempenho e constatar avanços reais nessas obras. Além do monitoramento de obras, uma série de atividades de capacitação e benchmarking (intercâmbio) complementaram as ações do ciclo.

Obras Acompanhadas no ciclo:

Edifício Aquarela / Espaço - O acompanhamento do sistema Estruturas de Concreto foi bastante abrangente, tratando de 19 itens, tais como compatibilização de projetos, racionalização, cronograma e ciclo de concretagem, entre outros. Em março de 2008, o edifício recebeu a visita de um grupo de construtores e parceiros da Comunidade, na já tradicional ação de intercâmbio. Os resultados do acompanhamento foram apresentados no relatório final da ação.

Edifício Ilha de Maiorca / Mazzini Gomes - O desafio era “desenvolver novos processos de execução e controle das atividades de estrutura visando melhorias no processo atual”. Infelizmente, houve desencontros entre o cronograma físico da obra e o período do programa Obras Acompanhadas, o que prejudicou a coleta de resultados.

Condomínio Paradiso / Morar - Nas cinco torres de 12 andares, o grande desafio da construtora, em relação ao programa da Comunidade, foi a implantação disciplinada das ferramentas de medição de resultados na execução das estruturas de concreto. Ela atuou sobre duas linhas de avaliação:
• Itens qualitativos: projeto, planejamento, execução e qualidade
• Itens quantitativos: custo, produtividade, durabilidade

Os resultados foram detalhados no relatório final.

Edifício Sylvio Costa / Lorenge - Nesta obra, os serviços foram descritos em 23 itens de acompanhamento. O relatório final da empresa revelou as vantagens de monitorar e medir cada um desses itens. O trabalho da Comunidade concentrou-se na execução da estrutura de concreto do edifício, que comporta 11 pavimentos-tipo. Fato interessante foi a visita programada à obra, por membros da Comunidade, em novembro de 2008.