Revestimento de Argamassa

Mão de obra

Um dos elementos para a adequada execução do revestimento é a mão de obra de produção qualificada. Para que isto ocorra, é preciso que ela seja bem escolhida e devidamente capacitada.

Cada serviço exige uma qualificação específica e, ainda que uma equipe seja capaz de executar vários serviços, é comum alocá-la apenas numa frente de trabalho por uma questão de organização, controle e qualidade dos serviços.

Por exemplo:
• Um pedreiro pode ser bom na execução de panos planos, mas o acabamento de quinas e detalhes pode ser de baixa qualidade
• Um bom pedreiro de alvenaria não significa um bom pedreiro de revestimento e vice-versa
• Os serviços executados pelo oficial são de ótima qualidade, mas ele peca em relação à limpeza e terminalidade e não se preocupa com proteção dos serviços já existentes

É importante que todos os operários de uma obra tenham em mente que o sucesso do empreendimento depende de um trabalho conjunto e integrado de todos os funcionários de campo. Alguém que faça seu trabalho muito bem, mas que prejudique outros ao seu redor, não serve para o trabalho em equipe.

 

Critérios de contratação e escolha

É necessário que se estabeleçam critérios objetivos que auxiliem na obtenção do aumento de produtividade, aumento da qualidade final do produto e na consequente redução de custos.

Cabe observar que estes critérios devem ser aplicados a toda e qualquer contratação, independentemente do serviço a ser executado, quer seja com mão-de-obra própria ou subempreitada.

Tais critérios são muito particulares e devem ser coerentes com as diretrizes da empresa contratante. O corpo técnico da empresa deve estabelecer o perfil do profissional a ser contratado para cada atividade específica.

Para os revestimentos, os profissionais indicados são pedreiros e auxiliares de pedreiro.

Além destes dados, a obra precisa de prática adequada em campo e testes reais podem ser feitos da seguinte forma:

1. Solicitar ao pedreiro que faça um pano teste simples e um plano de revestimento. Após a execução, devem ser avaliados os quesitos de planicidade, acabamento superficial, régua, esquadro, habilidade com ferramentas, organização, limpeza etc. Em caso de aprovação... ... 2. Solicitar ao pedreiro que execute o revestimento de um pano mais complexo, como por exemplo um banheiro completo. Então, verificar a homogeneidade das paredes, quinas, acabamento de cantos, requadros de caixilhos, interface com caixinhas de elétrica e pontos de hidráulica e encontros com o piso. Pode-se, também, avaliar sua produtividade e compará-la com a de outros pedreiros considerados bons oficiais.

 

O treinamento de mão de obra é considerado um dos principais fatores de desenvolvimento do indivíduo para a realização de seu trabalho e, se esquecido, pode acarretar baixa produtividade, baixa qualidade e consequentemente retrabalho e aumento de custo.

São aspectos importantes no universo da construção civil tanto o treinamento específico para a função a ser desempenhada como aquele voltado à educação (alfabetização, cidadania, saúde etc.).

Por fim, a produtividade do operário sempre é importante, mas não se pode esquecer que a produtividade dos revestimentos sofre enorme variação de acordo com o tipo de pano a ser executado. Assim, a aplicação de argamassa num cômodo de banheiro de serviço certamente será muito menos produtiva do que aquela da aplicação de argamassa numa ampla cozinha com paredes planas. E, num mesmo ambiente, acabamentos para pintura ou para assentamento de cerâmica apresentam produtividades distintas.