Boas Práticas

Cases

Os programas da Comunidade procuram levar resultados concretos para os empreendimentos das empresas participantes.

Conheça exemplos de obras acompanhadas ou monitoradas pela Comunidade da Construção e os resultados alcançados.

Residencial Granville

Sistema Construtivo: Revestimento de Argamassa
Localização: Salvador, BA

Ficha técnica

  • Tipo de empreendimento: Residencial
  • Número de blocos / torres: 1
  • Número de pavimentos: 12 tipos
  • Área total da estrutura (lajes): 4.257,30 m2
  • Área tottal de revestimento: 2.767,23 m2

Equipes envolvidas

Construtora: Engenheiros Fernando Lucas Mateus Souza, Rodrigo de Moraes Faria, André luis Lisbôa Sampaio, Antônio Sérgio Ramos da Silva, Vicente Mário Visco Mattos, Aline Passos de Azevedo.

Consultores: Engenheiros Paulo Henrique Melo de Amorim, Ana Gabriela Saraiva de Aquino Lima, Elza Hissae Nakakura,  Tatiana Gesteira de Almeida Ferraz, Roberto Barella Filho.

Procedimentos

A primeira reunião com todos os envolvidos no processo tratou de analisar os projetos de Arquitetura e Estrutura que, naquele momento, já haviam sido elaborados e aprovados. A análise indicou ser necessário colocar, em maior número, juntas de movimentação horizontal e vertical e juntas de dessolidarização (Figura 1), com o intuito de equilibrar as diferentes tensões geradas pelos elementos e pela própria estrutura do edifício. Observa-se aqui a importância da análise do comportamento da edificação durante a elaboração dos projetos de arquitetura, estrutura, alvenaria, instalações e vedações, os quais interferem no sistema de revestimento externo, possibilitando otimizar tanto o projeto do revestimento quanto a execução do sistema.

Posteriormente, houve uma etapa de seleção dos materiais onde os seguintes passos foram realizados:

  • Dosagem das Argamassas de Revestimento
  • Execução de Painel teste
  • Seleção do selante para juntas

Na escolha do selante para vedar as juntas da edificação em estudo, levaram-se em conta as características apontadas pelo projetista de revestimento externo:
• Garantia das propriedades mecânicas após envelhecimento, conforme ASTM D412
• Garantia da resistência às intempéries e aos raios ultravioleta, conforme ASTM G26
• Garantia da dureza shore A, conforme ASTM D2240
• Não manchar
• Não escorrer
• Não formar bolhas
• Aderir ao substrato
• O fornecedor realiza supervisão durante a execução e emite termo de garantia do produto

Resultados

O acompanhamento permitiu estudar e implementar melhorias no sistema de revestimento de fachada da obra do Residencial Granville, bem como criar ferramentas para multiplicação destas melhorias para as diversas empresas da Comunidade. A construtora já tinha como prática executar projetos de revestimento de fachada e realizar os serviços conforme definido em procedimentos de seu sistema de qualidade, com um bom controle do recebimento dos materiais à execução dos serviços. Nesta obra, além destas ações destacaram-se as seguintes melhorias:

  • Execução de painéis-teste para auxílio na definição dos materiais e técnicas - O acompanhamento da execução dos painéis pela equipe técnica da obra e os ensaios realizados permitiram selecionar com segurança os materiais a serem utilizados, bem como definir a técnica de execução.
  • Treinamento da equipe nos procedimentos de execução de revestimento externo - O repasse aos pedreiros dos aspectos técnicos relativos ao projeto e execução do revestimento, explicando o porquê fazer e não apenas o que fazer, bem como o treinamento prático realizado, contribuíram para o maior comprometimento da equipe na qualidade da execução e na confiabilidade dos serviços.
  • Execução da cura do revestimento - A importância da cura do chapisco e da massa de revestimento foi reconhecida pela equipe da obra, que acompanhou o serviço e os resultados obtidos.
  • Execução do mapeamento da fachada - O mapeamento permitiu definir de forma racional as espessuras da fachada, evitando que uma decisão aleatória levasse a espessuras do revestimento fora dos limites de norma.

Além disto, foi possível definir critérios para análise e verificação dos projetos de arquitetura e estrutura, pensando na melhor execução do revestimento de fachada. Destaca-se ainda o aprendizado da equipe técnica da obra e equipe de apoio ao estudo de caso, com um maior conhecimento e aplicação dos critérios definidos nas normas técnicas. Todo o trabalho desenvolvido traz maior segurança ao engenheiro da obra na execução e controle de suas atividades.

Divulgação

Os resultados foram difundidos às empresas da Comunidade da Construção de Salvador por meio de palestras e visitas à obra, bem como pela distribuição de cópias do relatório. Um Manual de Práticas Recomendadas foi elaborado no intuito de facilitar a aplicação, nas demais obras, das ferramentas implementadas no estudo de caso.